21.1.05

Desisto

Desistir é fácil, desistir do trabalho, desistir de viver
Mas o mais triste é desistir de amar
Desistir de ter uma alma pra compartilhar contigo
Pois eu desisto.

Desisto, pois não entendo a vida, e ela não se deixa entender
Desisto, pois não sou perfeito, uma alma tem que ser lapidada
Desisto, enquanto estou são e posso desistir, meu medo me dilacera
Desisto agora, para que possa me erguer com o pouco de honra que me resta
Dessa batalha infindável, estou cansado, ferido e peço trégua

Nunca saberei o que é vencer, porque desisti.
Desisti de abrir os olhos e ser manipulado pela própria imaginação
Que essa guerra se encerre sem prisioneiros, somente uma vitima deve ser contada
Vitima de tentar, vitima de viver, vitima de amar, vitima de desistir.

Rafael, desiste. Não há lugar para o que ele sente em seu coração e o sangue volta a visitar seus olhos.

2 Comments:

Anonymous Anônimo said...

[Bá]

Sinto-me péssima.
Espero lhe ajudar hoje. Não sei como.
Desejo que seja arrebatado por um amor envolvente.
Não desista.

22 de janeiro de 2005 11:15  
Anonymous Anônimo said...

Desiste não...ó.ò
Você é uma das pessoas mais adoráveis que eu já conheci.
Merece a melhor pessoa do mundo ao seu lado...

25 de janeiro de 2005 09:20  

Postar um comentário

<< Home