2.2.05

Me mudei

Me mudei para meu novo blog, que quiser ir para lá, clique aqui.
Motivo: Os comentarios estão complicados de serem feitos aqui, então vou pra outro lugar onde fica mais fácil, aos poucos publico as coisas que estão aqui lá.

Obrigado a todos que estão comigo, mesmo aqueles que se mantem anonimos.

26.1.05

Quimica do beijo

Esse ato aparentemente simples, mas cheio de significado, desperta uma revolução de sentimentos e reações no organismo humano.
Ah, o beijo... Quem não se lembra do primeiro, quando descobriu os poderes encantadores desse ato aparentemente simples, mas tão cheio de significados? Quem nunca se emocionou com um beijo?
Sem essa demonstração de carinho é impossível namorar, amar.
E não é de hoje. O "Kama Sutra", livro milenar dos indianos do culto ao sexo, diz que não há mesmo dúvida: beijar é uma arte.
Existem poucos estudos científicos sobre o poder de um beijo...
Mas o sábio povo hindu sabe que o beijo e a relação sexual são fontes de energia dos seres humanos.
Os hindus não estavam errados, garantem os sexólogos.
É através do beijo que o ser humano libera aquelas substâncias químicas que transmitem mensagens ao corpo!
Aí vem aquele estado de leveza física .... Que envolve e enlouquece...
Quando duas pessoas se beijam, a hipófise, o tálamo e o hipotálamo trabalham juntos na liberação dessas substâncias, ocorrendo assim o que se chama de "química do beijo ", que vai ativar a libido e a produção da endorfina, substância que produz no corpo a sensação de leveza e de flutuação...
E se alguém tem dúvida de que essa sensação de excitação faz bem ao corpo e à mente é só levar em conta que ela ativa a produção dos hormônios e desperta o desejo, ingredientes essenciais à satisfação humana.
Além da química, o beijo movimenta cerca de 29 músculos - 12 dos lábios e 17 da língua. Com um simples beijo é possível queimar de três a 12 calorias, dependendo da intensidade.

Rafael não sabe o que é um beijo apaixonado e doce já a muito tempo. E ainda espera por uma mulher que o queira beijar.

21.1.05

Desisto

Desistir é fácil, desistir do trabalho, desistir de viver
Mas o mais triste é desistir de amar
Desistir de ter uma alma pra compartilhar contigo
Pois eu desisto.

Desisto, pois não entendo a vida, e ela não se deixa entender
Desisto, pois não sou perfeito, uma alma tem que ser lapidada
Desisto, enquanto estou são e posso desistir, meu medo me dilacera
Desisto agora, para que possa me erguer com o pouco de honra que me resta
Dessa batalha infindável, estou cansado, ferido e peço trégua

Nunca saberei o que é vencer, porque desisti.
Desisti de abrir os olhos e ser manipulado pela própria imaginação
Que essa guerra se encerre sem prisioneiros, somente uma vitima deve ser contada
Vitima de tentar, vitima de viver, vitima de amar, vitima de desistir.

Rafael, desiste. Não há lugar para o que ele sente em seu coração e o sangue volta a visitar seus olhos.

18.1.05

18 de Janeiro

Nesse dia de jubilo em que me encontro
Mil perguntas vão e voltam em minha vã imaginação
Será que posso um dia passar essa tão especial data
Em teus braços de ternura?

Somente quero de presente você doce dama
Nua e somente com uma fita onde se lê: Sou tua
Esse é o pedido que faço, na tão conhecida hora
De soprar as velas que me trazem uma luz de esperança
E qual a fumaça leva meus sonhos aos céus

Acordar no dia seguinte ouvindo teus passos no quarto
Tentando ser silenciosa para não me despertar
Surpreender-te em um abraço de chamas, de paixão
E começar mais um ano de vida sabendo que és minha

Sempre

Rafael está com 23 anos, mas com alma de 12. E espera não ter que passar seu proximo aniversário sem a mulher de sua vida

P.S. Um beijo, para a mais linda dama desse vão mundo!!!

6.1.05

Saudade

Conforme o dicionário:

sau.da.des. f. 1. Recordação nostálgica e suave de pessoas ou coisas distantes, ou de coisas passadas. 2. Nostalgia.

Rafael acha que a saudade é uma constante, será que alguem não tem saudade de alguem ou de algo?

21.12.04

A Fábula da Luz

Um anjo nasce, mas num mundo diferente.
O mundo desse anjo era absolutamente escuro, negro. Ter ou não olhos nesse lugar nada significava.
Acostumado a escuridão e nunca tendo visto um resquício de luz, o ser passou anos sem saber o que era, nem se estava acompanhado. Se existia outro coração naquele lugar.
Certo dia ele encontrou algo. Era um objeto pequeno quadrado, uma caixa.
Após um tempo tentando abrir essa caixa, ele sentiu uma mão delicada, pequena e carinhosa junto a sua. – Me deixe te ajudar. Escutou o anjo, assustado com a pequenez daquelas mãos e com a suavidade da voz, que enchia seu coração de um sentimento diferente. Mas muito mais forte que ele.
Quando aquela caixinha finalmente se abriu, um minúsculo vaga-lume fugiu do seu interior. Esse ser iluminado iluminou o rosto do anjo e de sua companhia, que se revelou uma linda anjinha, de cabelos de onde fugiam os raios de um Sol que ele nunca virá e olhos claros como a água de um lago - Você é linda. Foram as únicas palavras que o espanto do anjo permitiu à ele pronunciar. Ela, envergonhada diante de um igual a ela, mas muito maior e forte somente conseguiu dizer – Obrigado, doce Arcanjo.
E juntos eles passearam sempre seguidos pelo vaga-lume que iluminava seus corpos e seus rostos, no momento em que o vaga-lume se adormecia e sua luz se transformava numa pequena penumbra eles se amavam da forma mais pura que se permitem, fervendo seus corpos, e deleitando suas almas.
O Arcanjo, grande e poderoso encontrava a paz e a felicidade junto com ela. A Anjinha, delicada e suave encontrava carinho e proteção nos braços dele. Durante tempos ele percebeu que a força que ele possuía não era nada perante o toque dela em seu rosto, ela era muito mais poderosa que ele jamais sonharia. E ela percebeu que sua mão feita para uma batalha que talvez nunca exista podia fazê-la sentir arrepios de satisfação em carinhos doces e demorados.
O tempo passou rápido e eles tinham milhares de boas lembranças e de boas imagens. Mas aquilo que os dois temia aconteceu, o pequeno vaga-lume, companheiro inseparável do amor mais puro que existiu, morreu, e sua luz se extinguiu, para sempre.
O Arcanjo gritava seu nome, implorava para que ela o encontrasse, para que ela lhe desse um sinal. Mas nada aconteceu. E o Arcanjo, mesmo tendo um corpo poderoso, invencível morreu, junto com a luz, de seu pequeno companheiro.

E você, se vivesse em um mundo de pura escuridão e encontrasse uma única pessoa para amar, conseguiria esquecer seu rosto, conseguiria não chora em desespero por perder o amo mais puro que existiu?

Rafael está muito irritado, pois não foi abençoado com a capacidade humana de esquecer. Por isso tenta a todo custo acostumar seu coração, a dor.
Que 2005 seja um ano em que o vaga-lume de cada um de meus amigos brilhe cada vez mais forte.

17.12.04

Quatro Paredes

Teu corpo me chama com desejo de um toque
Sussurros e gemidos ecoam entre quatro paredes
Paredes que a nós pertencem para nos entregar-mos
Lugar mágico onde o tempo não pode existir

Nossos cheiros se misturam numa luxuriosa mistura
Nossas bocas se encontram em uma batalha de prazer
Minhas mãos percorrem curvas suaves e fendas molhadas
Causando arrepios, prazer e pensamentos de pecado
Pecado que realizaremos infinitas vezes entre quatro paredes

Enquanto meus olhos caçam sua nudez magnifica
Permita, meu amor, que meu corpo invada o teu lentamente
Compartilhando nossas almas flamejantes Para nosso momento
Momento que se repetirá enquanto estivermos, sós, entre quatro paredes

Rafael ainda está se especializando em escrever poesias eroticas. ´Mas seu atual estado de solitario dificulta seu avanço.

29.11.04

Um Pedido de Desculpa

Desculpe-me por fechar meus olhos enquanto te beijava
Desculpe por sentir arrepios deliciosos com tuas mãos em mim
Desculpe quando disse que te amava mais que a mim mesmo
Desculpe minha cabeça, por não conseguir te esquecer

Perdoe minha ambição de desejar a mais perfeita das mulheres
Perdoe-me, sou tolo por ter te feito chorar, e chorado junto a ti
Perdoe por ter lhe dado meus mais sinceros sorrisos, insuficientes

Após esse tempo de solidão percebi que somente você
Poderia me fazer completo, porque assim me sentia
Quando tocava seus cabelos enquanto dormia, linda
E espero que esse tempo separados não tenha sido suficiente
Para que tenha esquecido de mim.

Rafael ainda lembra com detalhes de exatos um ano atrás, a época mais feliz de sua vida.

18.11.04

Bushido

Esse é o nome do conceito de honra dos samurais do antigo Japão, acreditasse que seguindo o Bushido durante toda vida se atinge o Nirvana ou paraíso. Eu tento seguir esses difíceis passos para ter força para continuar nessa eterna luta de espadas que se chama vida, leia o Bushido e reflita: Como sua vida se encaixa nele:

1 - "Se fosse definir em poucas palavras o que é fazer o bem, eu diria que é suportar o sofrimento que é estar vivo."

2 - "Durante épocas de felicidade, o orgulho e o desleixo são perigosos. Se não usarmos da prudencia e do carinho no dia-a-dia jamais evoluiremos em nada: Uma pessoa que se infla durante os bons tempos titubeará perante as dificuldades."

3 - "Sob o olhar da compaixão, todos são queridos. Aqueles que pecaram devem receber mais piedade e mais amor."

4 - "Um guerreiro deveria ser extremamente obstinado. Algo que fosse feito com moderação poderia ser julgado posteriormente como insulficiente. Já ouvi que, quando alguém acha que foi longe demais, ele está correto. Regras desse tipo não devem ser esquecidas, mesmo no amor."

5 - "Pode-se determinar a bondade ou a maldade de um ancestral pela conduta de seus decendentes. Um descendente deveria agir de maneira a manifestar as coisas boas de seu ancestral, e não as más."

6 - "A vida de um homem deveria ser assim: esforçar-se ao máximo quando ainda for jovem e então dormir quando já estiver velho, ou a beira da morte. Mas dormir primeiro e trabalhar depois é lastimável."

7 - "A vida de um homem deveria ser o mais fatigante possivel."

8 - "Um homem não demonstra o seu valor quando coloca sua armadura, pega sua lança e caminha para a batalha, e sim quando está sentado na calçada levando sua vida cotidiana."

9 - "Atuar justamente e fazer o bem é difícil e cansativo. A natureza das pessoas faz com que elas tenham facilidade em escolher o caminho do mal e da insensibilidade, e tendam a não gostar do que é justo, bom e amável. Ser instável e não distinguir o justo do injusto é não saber utilizar sua razão."

10 - "Para exercitar a justiça, é necessário sentir vergonha do desprezo ao nosso redor. Isso acabará sendo um hábito tão natural que, com o tempo, iremos preferir o bem em todos sentidos e odiar o mal em geral. Proteger os fracos é a principal diretriz do guerreiro, amar é o segredo da vitória."

Rafael está pensando que, talvez seguir esses passos para ser uma boa pessoa não compense no final das contas, pois ainda está sozinho, aguardando.

29.10.04

A Lua Eclipsada

Te vejo em cena rara em céu noturno
No luar escarlate vejo como teu coração
É apaixonado por mim, mostre-me seu amor
Corra para mim, com teus sentimentos ofertados

Em teu peito encontro altar para sacrificar minha razão
Pois não quero me conter ao te ver, deixar explodir
E com um único toque de paixão, deleitar-me
Em assistir tua expressão de prazer multiplicando-se

Se está longe, para perto te trarei com simplicidade
Um suspiro, ou a promessa de um afago me bastam
Para te esperar onde quer que eu esteja
Somente para olhar em teus olhos e dizer: Te amo

Meu sangue arde de paixão, veja a verdade nela
Quando digo que te amo tudo é real, sincero
A lua eclipsada demonstra minha ansiedade
Em estar ao teu lado para sorrir e viver, amando

Rafael assistiu ao eclipse lunare está feliz, mas a preocupação com a mulher que ele ama ainda não passou.

20.10.04

O Chamado do Coração

Teu coração me chama, clama te desejo para ter um toque meu
Boca que remete ao céu é a tua, pecaminosa e cheia de luxúria
Viagem eterna é estar contigo em meus braços, em meu colo
Sentindo que teu coração tem por mim aquilo que procuro, amor

Mãos as quais imploro um toque de doçura, carinho meigo
Que percorre todo meu corpo em melodia, me dando prazer
Prazer em estar a teu lado com teu coro divino clamando pelo meu
Corro para ti em um sonho de luz, para deitar-me e descansar.
Descansar um coração machucado, que explodiu de amor

A Lua acompanha me sonho, timida de vergonha.
Nunca um rosto tão angelical foi visto, uma beleza única
Poetas diriam que minto ao exaltar-te assim como uma deusa
Mas estou a teus pés, inplorando por ter ao menos teu, um olhar. E sonhar.

Rafael está preocupado com a insegurança e o ciúme de ter que estar longe de quem ama.

19.10.04

Acho que todo blog tem uma letra de música, o meu não vai ser diferente.
Mas essa música, para mim é diferente. Ela é a música mais triste já cantada.

Angra Dos Reis

Composição: Renato Russo/Marcelo Bonfá/Dado Villa Lobos

Deixa, se fosse sempre assim quente
Deita aqui perto de mim
Tem dias que tudo está em paz
E agora todos os dias são iguais

Se fosse só sentir saudade
Mas tem sempre algo mais
Seja como for
É uma dor que dói no peito
Pode rir agora que estou sozinho
Mas não venha me roubar

Vamos brincar perto da usina
Deixa pra lá, a angra é dos reis
Por que se explicar se não existe perigo?

Senti seu coração perfeito batendo à toa
E isso dói
Seja como for
É uma dor que dói no peito
Pode rir agora que estou sozinho
Mas não venha me roubar

Vai ver que não é nada disso
Vai ver que já não sei quem sou
Vai ver que nunca fui o mesmo
A culpa é toda sua e nunca foi
Mesmo se as estrelas começassem a cair
E nos queimasse tudo ao redor
E fosse o fim chegando cedo
E você visse o nosso corpo em chamas

Deixa pra lá
Quando as estrelas começarem a cair
Me diz, me diz pra onde é que a gente vai fugir?

Rafael ainda chora suas lágrimas de sangue
Distância

Meu coração está a me pregar peças de novo
Palpita descompassado e salta como louco
Vive a procurar um motivo para novamente amar
Criando uma sinfonia doce e melancólica

Como amar alguem que nunca vi, como me apaixonar por uma voz
Será capaz de existir o amor sem toque, sem carinho?
Para mim esse é o único jeito de amar
Pois somente meu coração é belo de se ter

O Amor, coisa estranha de se ter
Doi quando menos se espera, e alegra quando se quer estar triste
Agora tenho a quem amar, mesmo ela estando longe, estou feliz
Mas será que estando perto não me entristecerei

Acho que não sou tão perfeito assim quando estou perto
Posso errar, não dizer a palavra certa
Abraçar no momento errado, ou não ter coragem de olhar nos olhos amados
Mas o que mais me fere é a incerteza, pois te quero, pra sempre

Rafael está surpreso por ter transformado um poema em desabafo e por ter escrito isso atendendo um pedido

6.10.04

Hoje me aconteceu de me perguntarem o que é ser romantico. Mas o cara que me perguntou disse que todo romantico é pagodeiro. Infelizmente pra ele esse romantico também tem mão pesada.

Esse meu blog está me agradando, já tive outro que me foi muito especial mas infelizmente acabou.

Achei um lugar pra por minhas poesias e meus sonhos, minha fabulas e meus contos. Assim quem quiser ler já pode, para me entender um pouco mais. Mas acho que fiz esse blog para mim mesmo, já que são pouquissimas as pessoas que vem aqui.

Hoje estou sem inspiração para escrever algo que preste ser publicado, quem sabe amanhã.

Rafael está preocupado em como fazer para sair do serviço na sexta, assistir KillBill 2 e ainda ter força para ir na Lan no Sábado

1.10.04

A Fábula do Coração

Um jovem homem, ao ver que muitos de seus amigos se feriam ao deixar seus corações abertos, resolveu que ao redor de seu próprio coração uma cercaalta ele construiria em volta.Dessa forma ele estaria protegido de ser ferido onde ele considerava mais importante, pois seu corpo era sua força, e a ele mesmo pertencia, sua alma eram seu companheiros, camaradas de união inquestionável e de grande importância, mas seu coração ainda não tinha dona e isso o preocupava.

Durante muito tempo essa cerca mantevesse intacta, muitas tentativas foram feitas, mas nunca ninguém arranhou a. Um certo dia uma mulher pequena de cabelos dourados como o Sol e de pele branca com as nuvens veio de encontro a essa cerca com uma pequena chave vermelha em suas mãos. Essa pequena mulher procurou uma falha nessa cerca de aparência indestrutível e apos algum tempo encontrou uma pequena abertura onde introduziu sua chave.

A cerca foi destruída com se dezenas de machados a atingissem ao mesmo tempo, e assim o seu coração exposto conheceu o amor, a paixão, a luxuria e ganhou uma estrela como prova disso.Esse amor foi a forma mais intensa de sentimento que o jovem experimentará até então. Mas esse amor imenso que ele sentia lhe subiu a cabeça e erros ele cometeu, esses erros dilaceraram seu coração e o sangue de seu peito tão machucado com a perda do sentimento que ele tinha se viciado o atingiue sangue correu dos seus olhos.

Muito tempo depois, já recuperado o jovem não queria deixar seu coração exposto a essa dor novamente, resolveu que ao redor de seu próprio coraçãouma parede de pedras ele construiria.Dessa forma ele estaria protegido dessa terrível arma chamada amor não mais atacaria seu coração ferido.

Muito tempo passou sem que ninguém clamasse seu coração.

O jovem estava calmo e em paz, essa calmaria onde ele encontrava sua alma e seu corpo lhe faziam bem, e assim o sangue parou de correr. Após algum tempo uma mulher alta, de cabelos escuros como a noite se aproximou com outra pequena chave vermelha em seu poder, ela clamou seu coração com seu e assim procurou incessantemente, e uma pequena fenda na rocha sólida ela encontrou. Essa dama ao inserir a chave viu o muro de pedras desabar como se fosse areia e assim ela pode tocar seu coração e sentir quanto amor ele tinha guardado ali, viu a felicidade eterna e decidiu se afastar, deixando assim o já tão ferido coração ainda mais tristecido tendo como companhia uma única flor rara.

O jovem decidido a não deixar mais que isso acontecesse começou uma nova construção, uma parede de aço. Impenetrável e imponente, nunca outra mulher teria coragem de chegar perto, e se chegasse jamais atravessaria tamanha proteção.Ao termino da sua construção a parede parecia ser indestrutível, mas o jovem já estava cansado de falhas e saiu para procurar uma abertura ou alguma fenda.

Após muito procurar, quando estava achando que dessa vez não mais encontraria falhas encontrou uma pequena e discreta fechadura, bem no centro de sua incrível parede de aço.
E agora ele se pergunta existe outra chave vermelha?Se essa chave existir sua dona o machucará novamente? As outras chaves ainda serão utilizadas? E assim ele passa os dias aguardando. Pois não haverá uma quarta chave, se dessa próxima vez que seu muro cair seu coração não for curado ele morrera.

E só restará ao jovem construir uma lápide para lembrar que um dia já teve algo dentro de seu peito.


Rafael Moreira escreveu essa fabula no trabalho, se arriscando a ser demitido por sonhar demais.

27.9.04

Aprenda uma coisa: Somente diga, Te amo, quando estiver certo disso, pois amar sem ter certeza machuca e deixe cicatrizes.

Mas se você ama de verdade, diga a ela o que sente, não importa a lingua:

Afrikaans Ek is lief vir you!
Albanês Te dua!
Alemão Ich liebe dich!
Árabe Nohiboka
Aramaico Afekrishalehou!
Armênio Yes kez si'rumem!
Basco Maite zaitut!
Bengali Ami tomake bahlobashi!
Bósnio Volim te!
Búlgaro Obicham te!
Cantonês Ngo oi ney!
Catalão T'estimo!
Coreano Dangsinul saranghee yo!
Crioulo Mi aime jou!
Croata Volim te!
Dinamarquês Jeg elsker dig!
Eslovaco Lubim ta!
Esloveno Ljubim te!
Espanhol Te amo!Te quiero!
Esperanto Mi amas vin!
Estoniano Mina armastan sind!
Farsi ( persa) Tora dost daram!
Finlandês (Mä) rakastan sua!
Francês Je t'aime!
Frísio Ik hald fan dei!
Galês Rwy'n dy garu di!
Galício Querote!
Grego S'ayapo!
Gurajati Hoon tane pyar karoochhoon! tane chaahuN chhuN!
Havaiano Aloha wau ia 'oe!
Hebraico Anee ohevet otakh!
Hindi Mai tumase pyar karati hun!
Holandês Ik ben verliefd op je!Ik hou van jou!
Húngaro Szeretlek!
Indonésio Saya cinta padamu!
Inglês I love you!
Iraniano Mahn doostaht doh-rahm!
Irlandês t'a gr'a agam dhuit!
Islandês Eg elska thig!
Italiano Ti amo!
Japonês Aishiteru!
Javanês Kulo tresno!
Klingon qabang gaparHa'
Latim Te amo!
Letão Es tevi milu!
Libanês Bahibak!
Lituano As tave myliu!
Malaio Saya cintamu!
Mandarim Wo ai ni!
Marshalês Yokwe YUk!
Mohawk Konoronhkwa!
Navarro Ayor anosh'ni!
Neerlandês Ik hou van je!
Norueguês Jeg elsker deg!
Polonês Kocham ciebie!
Português (Brasil) Eu te amo!
Português (Portugal) Amo-te!
Romeno Te iubesc!
Russo Ya polubeel s'tebya!Ya tyebya lyublyu!Ya vas lyublyu!
Sânscrito twayi snihyaami!
Sérvio Volim te!
Sesoto Kiyahurata!
Suahili Nakupenda!
Sueco Jag älskar dig!
Tagalogo Mahal kita!
Tailandês Chan rug kchun!
Tcheco miluji te!
Turco Seni seviyorum!
Ucraniano Ya tebe kokhayu!
Urdu Main tumse muhabbat karta hoon!
Vietnamita Em yeu an!
Yiddsh Kh'hobdikh lib!
Zulu Ngiyakuthanda!

Rafael ainda sonha em escutar um eu te amo sincero, mesmo que seja em outra lingua.
Curriculum Vitae

Uma vez me pediram para que eu dizesse como meu curriculum era.

Eu já dei risada até a barriga doer, já nadei até perder o fôlego, já chorei até dormir e acordei com o rosto desfigurado. Já fiz cócegas na minha amiga só pra ela parar de chorar, já me queimei brincando com vela. Eu já fiz bola de chiclete e melequei todo o rosto, já conversei com o espelho, e até já brinquei de ser bruxo. Já quis ser astronauta, violonista, mágico, super-herói e trapezista. Já me escondi atrás da cortina e esqueci os pés pra fora. Já passei trote por telefone, já tomei banho de chuva e acabei me viciando. Já roubei beijo, já fiz confissões antes de dormir num quarto escuro pro melhor amigo. Já raspei o fundo da panela, já me cortei fazendo a barba, já chorei ouvindo música no ônibus. Já tentei esquecer algumas pessoas, mas descobri que essas são as mais difíceis de se esquecer. Já subi escondido no telhado pra tentar pegar estrelas, já subi em árvore pra roubar fruta, já caí de bunda. Já fiz juras eternas, já escrevi no muro da escola, já chorei sentado no chão do banheiro, já fugi de casa pra sempre, e voltei no outro instante. Já saí pra caminhar sem rumo, sem nada na cabeça, ouvindo estrelas. Já fiquei sozinho no meio de mil pessoas sentindo falta de uma só. Já vi pôr-do-sol cor-de-rosa e alaranjado, já me joguei na piscina sem vontade de voltar, já olhei a cidade de cima e mesmo assim não encontrei meu lugar. Já senti medo do escuro, já tremi de nervoso, já quase morri de amor, mas renasci novamente pra ver o sorriso de alguém especial. Já me apaixonei e achei que era para sempre, mas sempre era tempo demais!!! Já deitei na grama de madrugada e vi a lua virar sol, já chorei por ver amigos partindo, mas descobri que logo chegam novos, e a vida é mesmo um ir e vir sem razão. Foram tantas coisas feitas, momentos fotografados pelas lentes da emoção, guardados num baú, chamado coração...

Rafael está contente, pois acha que esse blog vai pra frente. Aleluia!